XIII Sepope será em Foz do Iguaçu

16/05/2014

 

 

A 13ª edição do Simpósio de Especialistas em Planejamento da Operação e Expansão Elétrica (Sepope) acontece, entre os dias 18 e 21 de maio, no hotel Bourbon Cataratas Convention & Spa Resorts, em Foz do Iguaçu (PR). 

Organizada por Furnas e patrocinada pelo Cigré-Brasil, esta edição do evento abordará, dentre outros temas voltados à operação, contínuas melhorias da segurança do sistema; variabilidade e diversidade das fontes de energia e do mercado; impacto na rede elétrica de fontes renováveis e geração distribuída; presença crescente de cargas com forte conteúdo harmônico. 

No que diz respeito ao planejamento, estarão em pauta temas como: interação da indústria de gás natural no desenvolvimento dos sistemas de geração e transmissão; regulação da transmissão e o efeito no planejamento da geração; superação de equipamentos e de subestações com a expansão do Sistema Interligado Nacional (SIN); influência das tarifas na expansão da geração e transmissão. 

Para o coordenador-geral do evento, Antonio Carlos Barbosa Martins, de Furnas, a 13ª edição do Sepope confirma o êxito deste simpósio internacional promovido pelo Cigré-Brasil, com presença marcante de especialistas nacionais e internacionais, além de autoridades do governo brasileiro na área eletroenergética. “O mês de maio, de anos pares, já está no calendário internacional do Cigré, com o Sepope sendo atendido por especialistas de todas as partes do mundo. Em suas primeiras edições, então promovido e organizado pela Eletrobras, o Sepope selecionava vinte especialistas internacionais, arcando com suas despesas de passagem e acomodação, para atrair o interesse internacional e garantir elevadíssimo nível técnico. Em sua 13ª edição, o Sepope está arcando com as despesas de apenas três expoentes internacionais, e já conta com a inscrição de mais de trinta especialistas estrangeiros. Os debates, com certeza, versarão sobre temas atuais e na fronteira do conhecimento”, diz. 

O assistente da Diretoria Geral do Cepel, Nelson Martins, que integra os comitês organizador e técnico desta edição, e já participou da organização de nove edições do evento, acrescenta: “O Sepope é o principal fórum de debates no país sobre questões de operação e planejamento de sistemas elétricos interligados, que são tópicos de grande interesse e em contínua evolução, tanto no Brasil como no exterior.” 


A coordenação do comitê técnico do XIII Sepope está sob a responsabilidade do gerente da Área de Redes Elétricas do Cepel, Flávio Rodrigo de Miranda Alves. Integram o comitê representantes da Eletrobras, Furnas, Eletronorte, Chesf, Itaipu, dentre outras instituições. Pelo Cepel, participam, também, o diretor-geral do Centro, Albert Melo; Raul Sollero, gerente da Área de Automação de Sistemas; Maria Elvira Maceira e Jorge Damazio, respectivamente gerente e pesquisador da Área de Otimização Energética e Meio Ambiente. 

De acordo com Alves, essa edição do evento reuniu grande número de trabalhos sobre a integração de fontes renováveis à rede elétrica. “Um fato digno de nota é a maciça apresentação de artigos sobre fontes de energia renovável, abordando o planejamento, geração, alocação na curva de carga, efeitos sobre a transmissão, distribuição e tarifas, além das considerações sobre a estabilidade do sistema frente ao aumento da participação destas fontes de energia na matriz energética brasileira”, explica. 

Painel e sessões plenárias 

O painel desta edição, “Segurança Elétrica e Segurança Energética”, contará com a participação do secretário executivo do Ministério de Minas e Energia (MME), Márcio Zimmermann; do diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Hermes Chipp; do presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Maurício Tolmasquim; do diretor-geral do Cepel, Albert Melo; além de Miroslav Begovic, presidente da Power and Energy Society do IEEE. 

Dos 159 artigos selecionados para o evento, 27 têm a participação de pesquisadores do Cepel como autores ou coautores. Destes, três foram escolhidos para as sessões plenárias: “Mapa de Rotas Tecnológicas em Hidroeletricidade – Uma Estratégia para Dobrar a Produção Mundial de Hidroeletricidade no Ano de 2050”, de Albert Melo; “Aplicação do Mecanismo de Aversão a Risco CVaR no Planejamento da Expansão e da Operação Energética e na Formação do PLD do Sistema Interligado Nacional”, de Maria Elvira Maceira; “Superfície de Aversão a Risco para o Planejamento da Operação de Sistemas Hidrotérmicos”, de André Luiz Diniz, da Área de Otimização Energética e Meio Ambiente. 

Outros artigos selecionados para as sessões plenárias discorrem sobre a operação e o despacho de fontes de energia renovável; integração de parques eólicos ao Sistema Interligado Nacional (SIN); grandes projetos de expansão de geração e transmissão no Brasil; planejamento do suprimento às capitais, sede da Copa do Mundo 2014 e das Olimpíadas 2016; estabilidade de tensão e avaliação de segurança dinâmica em centros de operação. 

A lista com os artigos do XIII Sepope pode ser encontrada no link:http://www.sepope.com.br/artigos-aprovados/



Visitas técnicas 

Os participantes poderão realizar, sem custos adicionais, visitas técnicas à Subestação (SE) de Foz do Iguaçu, pertencente à Furnas, e à Usina Itaipu-Binacional. A visita à SE acontecerá no domingo, 18 de maio. Já na quinta-feira, 22 de maio, os participantes poderão escolher entre uma ida à Itaipu-Binacional ou à SE Foz do Iguaçu. Os horários e os locais de transporte serão divulgados no hotel do evento. 

Saiba mais sobre o XIII Sepope em:http://www.sepope.com.br