Pesquisador do Cepel é admitido na Ordem Nacional do Mérito Científico

17/06/2010

O pesquisador Nelson Martins, assistente do diretor Geral do Cepel, é um dos novos membros da Ordem Nacional do Mérito Científico. Nelson Martins recebeu a insígnia e o diploma de membro da Ordem, durante a Sessão Solene de Abertura da 4ª Conferência Nacional de Ciência Tecnologia e Inovação, dia 26 de maio, em Brasília. 
 
O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, e o ministro da Ciência e Tecnologia, Sergio Rezende, estiveram à frente da cerimônia, que foi acompanhada por diversas autoridades e personalidades, entre elas o ministro de Minas e Energia, Marcio Zimmermann. O diretor Geral do Cepel, Albert Melo, e a pesquisadora Hildete Pereira, viúva do ex-diretor do Centro, Professor João Lizardo, também prestigiaram o evento de entrega dos diplomas.
 
Mais importante honraria do setor de Ciência e Tecnologia do Brasil, a Ordem Nacional do Mérito Científico foi criada em 1993 e é entregue a pesquisadores e profissionais brasileiros e estrangeiros, que vêm se distinguindo por suas contribuições à C&T. É dividida em duas classes: Grã-Cruz e Comendador. O pesquisador do Cepel foi admitido na classe de Comendador, na área de Ciências Tecnológicas (DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO - Decreto de 3 de março de 2010).
 
Formado em Engenharia Elétrica pela Universidade de Brasília, em 1972, Nelson Martins concluiu Mestrado (1974) e Doutorado (1978) em Engenharia Elétrica pelo Instituto de Ciência e Tecnologia da Universidade de Manchester. Ainda em 1978,  iniciou sua carreira no Cepel. Foi diretor Técnico do Centro, entre 2001 e 2003, e, desde então, vem ocupando o cargo de assistente. 
 
Com carreira reconhecida por instituições de diferentes países, Nelson Martins foi palestrante convidado em inúmeros painéis especializados e ministrou cursos sobre Dinâmica e Controle em 20 países. É autor ou coautor de mais de 190 trabalhos. Foi o idealizador e gerenciou, por 20 anos, o programa PacDyn, destinado à análise e controle de oscilações eletromecânicas em sistemas de potência. O software é utilizado em diversos países da América e da Comunidade Européia.
 
Ao agradecer a indicação de seu nome à Ordem Nacional do Mérito Científico, Nelson Martins fez questão de dividir a honraria com outros pesquisadores. “Esta indicação é fruto das parcerias que tive com diversos colegas da maior competência. Ao citar as parcerias, me refiro às orientações, formais ou informais, de mestrado e doutorado de, pelo menos, uma dezena de candidatos brilhantes, cujo trabalho foi fundamental para consolidar o PacDyn e algoritmos associados”, destacou o pesquisador do Cepel.
 
Nos últimos anos, Nelson Martins vem desenvolvendo trabalhos relacionados à álgebra linear computacional, ao ajuste coordenado de controladores, à análise de fenômenos de instabilidade de tensão, blecautes e aspectos dinâmicos da recomposição de sistemas. Também é coautor de estudos relacionados à distorção harmônica e transitórios eletromagnéticos, aplicações importantes na análise do desempenho de sistemas de potência.
 
Nelson Martins é Fellow do Instituto dos Engenheiros Elétricos e Eletrônicos (IEEE) desde 1998. Maior instituição técnico-científica da área de Engenharia, o IEEE possui cerca de 400 mil membros em 150 países. Apenas 1,5% deles chegaram ao grau de Fellow, que é concedido aos associados que possuam currículo extraordinário. Trata-se de um grupo de especialistas com forte influência nos rumos da pesquisa e do desenvolvimento tecnológico em suas áreas.